Cotidiano Experiências

A Copa do Mundo é nossa!

Eu sei. 2014 foi um ano difícil pra nós brasileiros.

Eu lembro como se fosse ontem a sensação horrível do 7×1 (sou dessas, torcedora roxa, neta de técnico de futebol, que se joga, vibra e sofre a cada partida), mas até mesmo meu marido que nem liga tanto assim pra futebol ficou em choque quando passou de 3×1 o placar.

Copa em 2015, 2016, 2017 e até o início de 2018 era um assunto proibido por mim por aqui.

Eis que ela vem chegando e o próprio Matheus com seu jeitinho pediu: “Mamãe, quero que essa Copa seja igual a outra: lembro que você comprava um monte de salgadinho e no intervalo das partidas a gente descia pra jogar bola junto. Lembro também dos amigos da tia Gabi torcendo lá na sala, será que a gente consegue fazer igual esse ano?”

E assim, toda minha defesa foi desarmada… Todas as lembranças ruins que eu construí percebi que eram minhas. E olha que não é a primeira vez que isso acontece comigo: na Páscoa o Matheus também me deu um chacoalhão (mas é outra história que prometo contar um dia pra vocês) bem ao mesmo estilo que me fez refletir muito: será que a gente não poda demais nossos filhos com nossas dores e medos?

Então, a partir desse dia eu literalmente calcei as chuteiras, vesti minha camisa 10 e junto com ele criei algumas brincadeiras pra que a gente costrua memórias de uma data que sempre foi tão importante pra nós brasileiros e que precisamos voltar a olhar com os olhos de criança.

O meu ebook deixo o convite aqui pra vocês conhecerem lá no meu Insta, entenderem como funciona no meu canal e comprarem no meu site: é através dele que eu venho construindo as memórias dessa Copa com o Matheus (e fazendo com que alguns adultos construam suas memórias com seus minis).

E como o que a gente faz de melhor é brincar, vai ter uma brincadeira jogo treino, pra aquecer ainda mais a vontade de fazer vocês brincarem junto. Afinal, a Copa do mundo é nossa e dessa vez vai ser diferente. Vem hexa!

Pra essa brincadeira você vai precisar de:

Faça o desenho de um campo de futebol no feltro.

Com a canetinha, faça dois círculos de marcação, um em cada extremidade do campo que você desenhou. Encape a bolinha de algodão com durex para deixá-la mais firme e pesada.

Agora é só recortar as bolinhas desenhadas nas pontas do “campinho” e a brincadeira tá pronta pra começar.

Cada participante segura o feltro por um lado e tenta fazer o gol no adversário. Essa atividade dá pra fazer com mais serumanos participando (é só aumentar o tamanho do pano e da bolinha) e é ótima pra trabalhar a noção espaço-temporal. Demais, né?

E aí? Você tá mais pra Neymar ou Gabriel Jesus nessa partida de brincar?

Joguem bastante e entrem na torcida da Copa junto com a gente 😉

Você também pode gostar destes posts

Read More