Bem Estar Dia a dia Lá em Casa Mamãe e Bebê Saúde

Afinal, por que é importante a rotina para o bebê? Vem ver algumas dicas para a rotina em casa.

importancia da rotina
hora de dormir
Ritual do sono em casa, fazemos desde os 3 meses.

Hoje  no blog temos contribuição especial da Michele Melão, Baby Planner e Consultora do Sono Materno-Infantil, certificada pelo IMI (International Maternity Institute) – Califórnia. Ela é a única brasileira membro da APSC (Association of Professional Sleep Consultants). Nos conhecemos com um pedido de socorro meu para o sono da Clarice e  depois de tantas conversas  viramos amigas e tenho muito carinho pela Michele.

Mas, sobre o sono da Clarice e nossa consultoria deixo para um próximo post, porque é longa a história. Mas, em nosso atendimento vi o quanto era importante a rotina para o bebê e hoje viemos falar sobre isso e dar algumas dicas especiais.

A Michele é sócia da Maternity Coach, uma empresa especializada em sono infantil, para crianças de 0 a 5 anos. O trabalho dela  é promover um sono de qualidade para toda a família. Primeiramente, elas entendem o perfil e os problemas enfrentados em relação ao sono da criança, para depois orientar os pais sobre as técnicas para se estabelecer um padrão de sono saudável. As especialistas da Maternity coach  estão preparadas para oferecer um atendimento exclusivo, adaptado à rotina e perfil de cada família, com extremo respeito ao bebê e suas necessidades individuais.

“Primeiramente é importante entender o que queremos dizer quando falamos sobre rotina. Precisamos ser rígidos? Fazer o bebê funcionar como um relógio? Certamente não. Está é uma das grandes frustrações das mães que gostariam de seguir algo mais fixo e acreditam estar errando com as crianças porque não conseguem seguir os horários de sono / mamada / higiene e atividades das crianças.

No livro “Encantadora de Bebês” tem uma sugestão de rotina bastante rígida. Este é um livro bastante conhecido e, apesar de ter muita informação interessante por lá, o método não funciona para todos. Nem todos os bebês mamam a cada 3 ou 4 horas e conseguem fazer sonecas de uma hora ou mais ou mesmo conseguem se manter acordados depois das mamadas para conseguir seguir a rotina proposta no livro.

O que queria sugerir neste post, é que as mães ofereçam previsibilidade para a criança. No comecinho da vida, tudo acontece por livre demanda: o bebê dorme quando quer, solicita alimento e fica acordado por curtos (ou longos) períodos. Depois de 3 meses a mãe já consegue entender melhor as necessidades da criança. Consegue perceber de quanto em quanto tempo a mamada é necessária, quanto tempo seu filho fica acordado (e isso vai mudando conforme o passar dos meses) e a partir daí estabelecer uma rotina.

Apesar de não precisar ser rígida, seguir uma rotina faz muito bem para o bebê, portanto sugiro que a família tenha uma programação para o dia, ou seja, seguir ao menos uma sequência de atividades – acordar e mamar, fazer alguma atividade, dormir e assim por diante. Gradualmente, seu filho será capaz de ter quebras de rotina e entender algumas diferenças, mas para os primeiros meses de vida, esta previsibilidade é fundamental.

Certamente o bebê ficará menos irritado, conseguirá relaxar e consequentemente dormir melhor, terá sua necessidade de fome atendida dentro de um espaço de tempo adequado e será cada dia mais fácil entender este bebê, diminuindo muito a angústia da mãe. Com uma rotina, você passará inclusive a entender melhor os tipos de choro do bebê.”

Segue uma dica de rotina para bebês  com idade de 3 meses que mamam de +- 3 em 3 horas:

7h00 – Acordar e mamar
8h30 – Soneca
10h00 – Mamar
11h00 – Segunda soneca
13h00 – Mamar
14h00 – Terceira Soneca
16h00 – Mamar
17h30 – Quarta e última soneca
19h00 – Mamar
20h00 – Ritual do sono
20h30 – Bebê dormindo. Amém.

Você gostou do texto? Como é na sua casa?

Se tiver dúvidas, é só nos escrever! Eu a Michele estaremos sempre com textos especiais sobre rotina e sono do bebê.

Vem com a gente!

importância da rotina
Ritual do sono aqui em casa começa com banho.

Você também pode gostar destes posts

Read More