Gravidez Mamãe e Bebê

Ansiedade para descobrir o sexo do bebê. Já ouviu falar do exame de sexagem fetal?

menina ou menino
menina ou menino
Nosso exame, menina!

Depois que fiz os primeiros exames e me certifiquei de que o bebê estava bem, veio a ansiedade para descobrir o se era menina ou menino. Eu sou uma pessoa muito ansiosa e me consumia o fato de só poder descobrir o sexo a partir de 12 semanas de gestação. Aliás, com muita sorte, porque na maioria das vezes só dá pra saber com 16.

Não sei como algumas mães conseguem esperar até o dia do nascimento para descobrir o sexo do bebê. Tem algum segredo?!

Eu fiquei, realmente, muito ansiosa para descobrir e comecei a pesquisar se tinha outra forma de saber descobri o exame de sexagem fetal que pode ser feito com 8 semanas de gestação, sem pedido médico. No entanto, o exame é particular e não há cobertura de plano de saúde.

O exame de sexagem fetal consiste na coleta de sangue, uns 5ml. Não é invasivo e não coloca em risco a gestação. A taxa de acerto é de 96% e o resultado fica pronto em média de 3 a 5 dias (depende do laboratório).

No entanto, é preciso ter cuidado para não ter contaminação da amostra de sangue. Somente mulher pode fazer a coleta e a gestante não pode ter recebido transfusão ou transplante.

Mas, como este exame consegue identificar o sexo do bebê? Durante a gestação ocorre um fluxo continuo de DNA fetal para o sangue da mãe, podendo ser identificado no sangue da mãe o cromossomo Y ( cromossomo que identifica o sexo masculino). O que nos diferencia sexualmente são os cromossomos X e Y. Mulheres possuem somente o cromossomo X e homens possuem além do X o cromossomo Y, sendo este o determinante geneticamente para diferenciar os sexos.

O exame  consiste em detectar sequências genéticas específicas do cromossomo Y. Caso, a amostra de sangue não apresente o cromossomo masculino, o feto será do sexo feminino. Se identificarem o cromossomo Y o feto é do sexo masculino. É um exame de exclusão.

Para gestação de gêmeos univitelinos (idênticos) o exame é válido para os dois fetos, pois gêmeos idênticos possuem mesmo DNA. Para gêmeos bivitelinos (fraternos) o exame é válido para apenas um dos fetos caso se identifique o cromossomo Y , pois os bebês tem DNA diferente. Se houver ausência de cromossomo Y, os gêmeos serão meninas.

Não pensei duas vezes, fiz o exame e o resultado deu certinho! Tive tempo para planejar todo o enxoval da Clarice com calma e bem mais tranquila já sabendo o sexo. Eu recomendo o exame, é só fazer uma pesquisa e descobrirá vários laboratórios que oferecem o exame e os preços variam de R$350,00 a R$700,00.

Para vocês mamães ansiosas como eu vale a pena o investimento no exame. Só de me lembrar do dia que descobri que era menina eu me emociono!

Como vocês descobriram o sexo do bebê?

Você também pode gostar destes posts

Read More