Uma carta para mim. Antes de ser mãe

Hoje sinto como se tivesse vivido 10 anos em 18 meses.  Aprendi muitas coisas e desaprendi outras, estou diferente da Natalie de antes da Clarice chegar, e ao mesmo tempo a mesma pessoa. Como pode? Queria que ela soubesse um pouco do que sei hoje, queria me despedir. Por isso escrevi uma carta para a Natalie de 2015, quando ainda estava gestando a Clarice.

Oi Nat, Posso te chamar assim? Afinal, ainda somos íntimas.

Acredite, você será uma boa mãe. Sei que tem muitos medos, inseguranças e dúvidas. Sei também que quer muito ser a mãe perfeita ou se não a melhor mãe do mundo. Não se preocupe, você será a melhor mãe que puder. Fará seu o melhor com certeza.

Não há como acumular sono, que pena. Pois, vai sentir saudades das sonecas a tarde e do sono leve. Curta suas noites tranquilas e durma quando sentir vontade. Pois, a Clarice não irá permitir isso. E mesmo quando ela permitir, você irá vigiar o sono do seu bebê. Nunca mais dormirá como agora, ela ainda está na sua barriga protegida e depois será do mundo e sempre terá parte de você por aí te tirando o sono.

Não se preocupe com seu corpo, você continuará  amando como ele for. Sim, se estranhará nos primeiros meses, talvez no primeiro ano, mas, logo encontrará uma forma de se colocar no mundo como mulher.

Aceite seu cabelo com cachos, a Clarice terá cabelos cacheados e precisará de alguém que se ame como é. Precisa de uma mãe que ensine sobre aceitação, amor e autocuidado. Esqueça os padrões de beleza e cuide da sua saúde, pois criança exige das nossas costas e joelhos.

Estude, estude muito. Ser mãe não é somente instinto, exige conhecimento. Mas, leia não sobre maternagem e sim sobre você. Seu autoconhecimento é que irá guiar sua maternagem.

Não aguente tudo sozinha! Você, apesar de querer, não é a mulher maravilha e até ela precisa de parceiros. E você também, precisará de ajuda e não sinta vergonha em pedir e em dizer que está cansada. Forme sua rede de apoio porque irá precisar, e sozinha será muito difícil. Eu passei por isso.

Conte com a sua comadre, ela irá te ajudar quando mais se sentir sozinha. Mas, ela também tem um bebê e não poderá te ajudar sempre.

Ouça seu marido, ele é seu parceiro nisso. Ele quer muito ser pai e quer muito participar, não o coloque de lado, não deixe ele de fora dessa relação. Fazer tudo do seu jeito não é a maneira correta. O jeito dele pode ser certo e, além disso, a Clarice adora as brincadeiras bobas dele. Você estranhará as roupas que ele vestir nela, estranhará o jeitinho dele de acalmar a Clarice, e não concordará com a superproteção, mas  vai dar certo! Com ele tudo sempre dá certo! Confie, ele é muito melhor do que você imagina.

Sinto muito, eu te decepcionarei. Irei chorar muitas vezes, irei chegar ao limite do cansaço, irei dizer que a maternidade é um fardo. Mas, tenha paciência comigo, é o cansaço, é a falta da rede de apoio, é  o seu emprego que vai perder. Terá algumas decepções, mas irá se levantar. Independentemente do seu controle a vida vai seguir para todos.

Prepara espaço no seu coração, pois chegarão muitos amigos. Chegarão pessoas que gostam muito de você e da sua família. Conhecerá amigos para a vida toda e outros irão embora porque não se identificam com a sua forma de ser mãe, nem com a nova mulher que irá se tornar.

Ignore os palpites, você sabe melhor do que ninguém o que faz a Clarice feliz. Não desanime nas primeiras semanas de amamentação, vai doer o peito, vai rachar o bico. Mas, quando pegar o jeito será maravilhosa a relação íntima que terá com a Clarice.

Sim, ficarão marcas no seu corpo. Estrias, celulite, cicatriz,tudo isso será a marca do que passou, sua história. Mas, sua vaidade ficará um pouco em segundo plano e não fará falta no começo.

Será uma trajetória e tanto! Confie, tudo vai dar certo! Deixa eu te contar que a Clarice não é o que você esperava. Esqueça suas expectativas. Ela é ainda melhor do que você sonha. Irão construir um amor diário, todos os dias irão alimentar essa relação e ela será seu maior amor.

Terá grandes conquistas: verá o primeiro sorriso, os primeiros passos e  a primeira papinha. E já te dando spoiler, a primeira palavra será Mamãe. Essa palavra será a mais dita.  Ela saberá quando você estiver triste e quando estiver feliz. Um sorriso dela será capaz de derrubar lágrimas e quando acordar a noite com pesadelos você irá dizer: Calma, Clari a mamãe está aqui. Está tudo bem!

A Clarice como o próprio nome diz, irá clarear sua vida. Revelará o que está escondido e trará à luz  o seu melhor. E acredite, você dirá que ser mãe é a melhor coisa do mundo. Mesmo tendo coisas ruins, afinal, entenderá que tudo tem seu lado bom e seu lado ruim, o que diz que vale a pena é o quanto de cada um vivencia. E vivenciará muita, mas muita coisa boa!

Um último recado, eu te amo e será preciso uma transformação para dar espaço a Clarice, espaço para esse amor e para o que irá aprender. Um pouco de você irá se perder nesse processo, mas construiremos algo novo que será nossa base para vivermos juntas em sintonia e na nossa verdade.

Um grande beijo da Natalie, aqui de casa, com a Clarice dizendo Mamãe.

 

maternidade

 

Você também pode gostar destes posts

Read More