Com bebês Diversão Lá em Casa Onde Ir

Dicas para viajar de avião com bebê

viagem de avião com bebês
viagem de avião com bebês
Aeroporto Internacional Afonso Pena

 

A Clarice estava com dez meses quando fez a primeira viagem de avião, e normalmente as companhias aéreas recomendam  para bebês viajem após os dois meses de vida, por conta das aeronaves serem fechadas e os recém nascidos não ter imunidade suficiente.

Cada família sabe seu momento certo de poder fazer a viagem, o importante é se sentirem seguros e passar tranquilidade para o bebê.

Para viajar, o segredo aqui em casa foi escolher horários de voos em que a Clari costuma estar descansada ou dormindo. De forma alguma voos em horários de soneca ou horários que costuma estar mais cansadinha, porque  é só se preparar para ataques de choro. O que é  totalmente compreensível, imagine você com sono tendo que dormir em local estranho, com barulhos diferentes e a pressão nos ouvidos. È difícil mesmo.

Na hora de escolher o voo considere o tempo de viagem, o tempo de translado e check in.  Se necessário pode levar o bebê conforto e carrinho. Ambos não contam como bagagem extra, são considerados itens do bebê. Até o momento sempre fiz a opção de viagem com bebê no colo, e foi bem tranquilo. Mas, esteja preparado para o pequeno espaço.

Quando  for comprar a passagem, se o bebê for no colo não haverá custo, apenas uma taxa de 10% do valor da passagem.  Crianças até 24 meses podem viajar no colo. No caso da opção do bebê no colo para viagem, ele não tem direito a bagagem, apenas o carrinho e bebê conforto.

Para fazer o check-in apenas no guichê e pessoalmente, devido a documentação necessária da criança para viajar. Por isso se organize com horários.

A documentação necessária para bebês é a certidão de nascimento original, ou cópia autenticada, RG que possui foto  –  ou ainda passaporte. Ah, aproveite e faça o RG do seu filho, não é necessário agendamento, pois é atendimento preferencial. A foto é tirada no local e fica pronto dentro de 15 dias e não há custo.  Não é exigido carteira de vacinação para viagem, mas eu sempre levo pois, caso a criança precise de atendimento médico ou alguma vacina especial já temos o documento.

Em caso de viagem para o exterior é indispensável passaporte, e se você esta programando uma viagem já verifique para iniciar o processo, pois é necessário agendamento e em média são de 2 meses de espera e mais 15 dias para ficar pronto o documento, o valor para emissão de passaporte é de R$257,25 atualmente. Confirme no site da receita federal: http://www.pf.gov.br/servicos-pf/passaporte

Para viajar, é importante levar uma mala de mão com itens essenciais do bebê e tudo que for necessário para deixá-lo confortável e te socorrer na hora do choro,  deixe de fácil acesso aqueles itens que seu filho gosta. Eu particularmente, sempre carrego o tablet (minha babá virtual), biscoito de polvilho e de maizena (preferidos da Clari) e como ela mama no peito, sempre estou com uma blusa que permita fácil acesso ao “tete”, se seu filho toma mamadeira leve uma pronta.  Deixo sempre a Clari com roupas confortáveis para viagem, macacão, roupa de malha e calçados confortáveis.

Para embarcar, poderá levar o carrinho até a porta do avião e deixá-lo com a aeromoça que colocará no compartimento de malas e depois te entregará na hora do desembarque, preferencialmente. Crianças de até 10 quilos podem ter a disposição dependendo da companhia área e agendamento, um bercinho.

Prontinho, agora é só arrumar as malas e partir para a próxima viagem!

Aqui em casa desde que a Clarice nasceu, adoramos viajar. Viajamos muito mais agora do que antes dela nascer. Acho que é a vontade de sair da rotina e de mostrar o mundo para a Clari.

Até mais e boa viagem.

Você também pode gostar destes posts

Read More